Fluthieria


Por que Fluthier?

         Quando comecei a trabalhar com manutenção de flauta, não me importei com a forma como deveria me apresentar. Foi somente com a necessidade de divulgar meus serviços, que este problema veio à tona. Como se referir ao meu oficio? “Luthier”? Se Luthier denomina o fazedor de Alaúde, logo, este termo não condiz com o que fazia. Passei então a me denominar Técnico de Flautas, que com o passar do tempo acabou se tornando um termo vago.

        Depois de pensar muito sobre o assunto e de já ter até criado minha logomarca para um cartão de visitas que tinha confeccionado, decidi procurar pessoas mais engajadas para tentar descobrir se havia uma definição mais cabível. Diversos termos me foram indicados, como: Sapatilhador, Mecânico de Flautas, Restaurador, Técnico de Flautas e Flute Maker, porém, continuei achando que nenhum destes termos era suficiente ou apropriado para denominar o meu ofício e mesmo insatisfeito continuei me apresentando como Técnico de Flauta.

         O tempo passou e acabei, por fim, tendo que deixar essa questão um pouco de lado.

        Recentemente, durante o processo de confecção deste web site, a pessoa a quem designei o trabalho de criação, me sugeriu que usasse a própria logomarca como definição do meu oficio, foi então que percebi o quanto este “neologismo” já cabia em mim. Espero, despretensiosamente, que também seja acolhido por todos aqueles que precisem do trabalho de um “Fluthier”.




CNPJ: 97.554.045/0001-40 - Inscrição Estadual: 146.271.105.117 - Endereço: Rua. Manuel Morais Pontes, 46 - Vila Albertina São Paulo/SP - CEP 02373-000


Volta ao início